Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

sexta-feira, 5 de julho de 2013

PROPAZ Oftalmológico em Santa Izabel do Pará -dia 04 ( 280 cirurgias e 650 exames).

Foto: Jander Hungria.

Caravana Oftalmológica Pro Paz já fez 280 cirurgias
04/07/2013
Mais de 280 cirurgias e 650 exames foram realizados no primeiro dia da Caravana Oftalmológica Pro Paz no município de Santa Izabel do Pará. Mesmo integrando a Região Metropolitana de Belém, Santa Izabel recebe os benefícios da Caravana, que nesta quinta-feira (4) começou uma nova etapa, para atender 10 municípios da Região de Integração do Guamá, durante 24 dias.
Na Caravana Oftalmológica são realizadas consultas oftalmológicas e cirurgias para corrigir problemas como pterígio (carne crescida), estrabismo e catarata, doença que atinge grande parte da população idosa, e tem como único tratamento a cirurgia.
A meta da Caravana Oftalmológica Pro Paz é diminuir o índice de catarata na população acima de 60 anos. A Região de Integração do Guamá tem cerca de 18 mil habitantes nessa faixa etária. Todos os serviços são oferecidos gratuitamente à população, bastando apenas apresentar a Carteira de Identidade e a Carteira do Sistema Único de Saúde (SUS).
Por causa da catarata, Maria Melo, 69 anos, não enxergava nada com o olho esquerdo, e o direito já estava bastante comprometido com o mesmo problema. Apesar de ter sido informada anteriormente que não recuperaria a visão esquerda devido ao grau avançado da catarata, Maria realizou o sonho de voltar a enxergar.
“Estou muito alegre, com vontade de chorar de tanta alegria. Por mais de cinco anos eu venho lutando para fazer essa cirurgia, e agora isso foi realizado com bastante sucesso. Não tenho palavras para agradecer”, disse Maria Melo.
Exame - Quando ficou sabendo que a Caravana faria atendimento oftalmológico na cidade, o motorista Antônio Pereira Brito, que está em processo de renovação da Carteira de Habilitação, aproveitou para fazer o exame de vista, que é obrigatório para concluir o processo no Detran (Departamento de Trânsito do Pará). Após ser examinado, ele ficou sabendo que estava com princípio de catarata, e aproveitou para fazer a cirurgia sem nenhum custo.
“Eu gostei muito. A cirurgia foi rápida, sem dor e de graça. Isso é muito bom. Nunca tinha acontecido uma ação como essa para a população. Muita gente não tem condições de fazer essa cirurgia. Eu mesmo não teria condições de fazer se fosse particular”, afirmou Antônio Brito.
A coordenadora da Caravana Oftalmológica Pro Paz, Cláudia Vinagre, explicou que o objetivo do projeto é alcançar os 41 municípios paraenses que dispõem apenas da Rede de Atenção Básica, e por isso não recebem recursos adicionais para procedimentos de média e alta complexidade, como as cirurgias de catarata. Cláudia Vinagre disse ainda que os municípios que não se enquadram nesse critério podem firmar parceria com o Estado, para que recebam a Caravana Oftalmológica.
“Os municípios que estão em gestão plena também poderão receber a Caravana. Basta que procurem a Sespa para pactuarem a verba que ficaria no teto municipal, para passar para o estadual, e nós poderemos executar a ação nos municípios. Nós convidamos as prefeituras a aderirem a esse trabalho. É possível, e nós desejamos que seja feito, para que possamos realizar o máximo de cirurgias oftalmológicas no Estado”, reiterou a coordenadora.
Calendário da Caravana na Região do Guamá – Julho de 2013
Santa Izabel do Pará: dias 4 e 5
Santo Antônio do Tauá: dias 7 e 8
São Caetano de Odivelas: dia 10
Terra Alta: dia 12
São João da Ponta: dia 14
Marapanim: dias 16 e 17
Magalhães Barata: dia 18
São Francisco do Pará: dia 21
Inhangapi: dia 23
São Domingos do Capim: dia 25

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários