Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

sábado, 19 de março de 2011

Mãe faz apelo por informações sobre filha sequestrada

em Castanhal,

Uma mãe que teve sua filha sequestrada pelo ex-companheiro, Marlison da Silva, de 30 anos, há dois meses, apela para quem souber do paradeiro da menina de 5 anos que avise à polícia.

Marlison da Silva

Na manhã de ontem (17), a autônoma Alina dos Anjos Vasconcelos, de 30 anos, mais uma vez procurou a Seccional da Cidade Nova, em busca de novidades sobre as investigações, mas teve que voltar para casa, sem a filha nos braços.

Segundo Alina, o pai arrancou a menina do seu colo e nunca mais a trouxe de volta. A vítima está desesperada, porque, de acordo com ela, o acusado despreza qualquer tentativa de aproximação para que a mãe possa rever a criança. “Marlison chegou em casa, com a mãe e a irmã, arrombou a porta e tirou a minha filha dos meus braços”.

Alina afirma que a criança foi gerada quando o casal apenas namorava, e que ele teria desaparecido após a filha do casal ter completado um ano e meio de idade. “Marlison não quis registrar a própria filha no nome dele”, contou a mãe.

Disse ainda que perde sono. “São dois meses que não tenho mais vida social, parei de trabalhar e já perdi 7kg. Estou ficando doente de desespero. Peço que ele tenha compaixão e entregue minha filha”.

Segundo ela, a única pista de Marlison é que ele talvez trabalhe numa Casa de Apoio, em Canudos. Mas várias vezes policiais foram até o local e não o encontraram.

PREVENTIVA

O delegado Costa Neto, da Seccional da Cidade Nova, informou que Marlison da Silva está com prisão preventiva decretada. “Também foi decretado busca e apreensão da criança onde ela estiver por qualquer autoridade competente”. Segundo o delegado, o processo está concluído e Marlison será autuado por sequestro e cárcere privado.

Fonte: Diário do Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários