Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Chega de Assaltos!

ASSALTOS INTRANQUILIZAM IZABELENSES

A agência do Bradesco no Centro
 
    No espaço de trinta dias, tivemos três audaciosos  assaltos a banco em nossa cidade , felizmente sem assassinatos.
   O primeiro ainda em setembro no Banpará, quando os bandidos fizeram refém o gerente conterrâneo Hidelton Cardoso, com ameaças de morte. Na semana passada, uma quadrilha sequestrava o gerente do Banco do Brasil de nossa cidade, quando o apanharam em Castanhal onde reside, trazendo-o para o nosso município,onde consumaram o roubo. E como se não bastasse ontem (24) o Bradesco na Av. Pedro Constantinom bem no centro da cidade, fora roubado por um grupo de meliantes que levaram cerca de 500 mil reais e ainda vários pertences dos clientes, em uma ação rápida e engenhosa.
     As polícias, Civil e Militar, foram informadas e logo entraram em ação em busca de pistas que levassem aos ladrões e continuam trabalhando sem interrupção.
     Há quem deduza que tais ações criminosas, estejam partindo de dentro das inúmeras penitenciárias que possuímos, possivelmente organizadas por chefes de bando ali aprisionados.
    - Isto foi o que nos "presentearam" alguns governos estaduais, com a complacência e leniência da nossa "competente" política.

fonte : Blog do Lino.

COMENTÁRIOS:

É triste vermos nosso querido município reféns de bandidos que ficam amedrontando a população que já não sabe mais o que fazer para se ver livre dessa onda de assaltos, em vários momentos estamos vendo pessoas assumindo que já foram vítimas de criminosos em Santa Izabel, a situação está sim crítica, não adianta fecharmos os olhos para essa realidade que está batendo em nossa cara e rindo do pobre cidadão que só pode se render as covardias da arma na mão e terror feito pelos meliantes se dizem "viver do Crime", isso eu digo que será uma questão muito forte na campanha de qualquer candidato a prefeito ano que vem, pois a população já está cansada de viver assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários