Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Começa cerimônia de diplomação de Dilma e Temer no TSE

Diplomação é atestado de que os dois estão aptos a tomar posse.
Participam da cerimônia ministros indicados, governadores e parlamentares.

A presidente eleita, Dilma Rousseff, ao lado do presidente do TSE, Ricardo Lewandowski, durante cerimônia de diplomaçãoA presidente eleita, Dilma Rousseff, ao lado do
presidente do TSE, Ricardo Lewandowski,
durante diplomação (Foto: Reprodução/G1)
Começou às 17h20 desta sexta-feira (17) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acerimônia de diplomação da presidente eleita, Dilma Rousseff, e do vice dela, Michel Temer. Dilma, que veste um conjunto azul com detalhes de renda vermelha, foi conduzia ao plenário pelos ministros Arnaldo Versiani e Cármem Lúcia.

Cerca de 250 pessoas foram convidadas para a cerimônia. Dilma e Temer receberão os diplomas das mãos do presidente do tribunal, ministro Ricardo Lewandowski. O documento – assinado pelo presidente, ministros do TSE e procurador-geral eleitoral, Roberto Gurgel – é um “comprovante” da Justiça Eleitoral que habilita a presidente eleita e o vice a tomar posse no dia 1º de janeiro.

Além de dez familiares da presidente eleita e de quatro do vice, participam da diplomação no TSE indicados a ministros de Estado do governo Dilma que ainda não tomaram posse e governadores eleitos.

Dentre os presentes estão os futuros ministros da Secretaria de Comunicação Social, Helana Chagas, do Trabalho Carlos Lupi, da Previdência Social, Garibaldi Alves, do Planejamento, Miriam Belchior, da Defesa, Nelson Jobim, do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, de Relações Exteriores, Antonio Patriota, da Justiça, José Eduardo Cardozo,do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, da Casa Civil, Antonio Palocci, além do futuro presidente do Banco Central, Alexandre Tombini e do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Do atual governo, participam da recepção os ministros do Esporte, Orlando Silva, das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, da Justiça, Luiz Paulo Barreto. Os presidentes dos três tribunais superiores e do Supremo Tribunal Federal também prestigiam a diplomação, juntamente com o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams e o procurador-geral, Roberto Gurgel.

A expectativa é que a cerimônia de diplomação dure cerca de uma hora, com um breve pronunciamento da presidente eleita. Após a cerimônia, Dilma e convidados vão para o Palácio Itamaraty, onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva oferece coquetel para 400 pessoas.

FONTE : SITE DO G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários