Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Sete dias decisivos para candidatos em 2012


Sete dias decisivos para candidatos em 2012 (Foto: M. Mariz/ A. Rodrigues/ Arquivo)
Flexa pode se filiar ao PSD. Pimentel se filiou ao PSL (Foto: M. Mariz/ A. Rodrigues/ Arquivo)


O senador tucano Fernando Flexa Ribeiro admite que poderá trocar o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) pelo Partido Social Democrático (PSD), que está sendo criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.
“Estamos conversando há mais de 40 dias. Estou muito bem no PSDB, mas política é a arte da conversa”. O convite partiu do próprio Kassab e foi reforçado pela senadora Kátia Abreu, de quem Flexa é amigo. O paraense poderá ser o terceiro senador que falta para que o PSD tenha uma bancada oficial do Senado com direito à liderança e outras regalias. A legenda já conta com Kátia Abreu (TO) e Sérgio Petecão (AC).
Flexa Ribeiro é um dos pré-candidatos à prefeitura de Belém. Dentro do PSDB terá que disputar a vaga com o deputado federal Zenaldo Coutinho. O senador promete dar uma resposta até a próxima segunda-feira.
Não há mesmo muito tempo para pensar. Faltam apenas sete dias para o fim do prazo legal para mudanças de legenda e filiações de quem deseja ser candidatos nas eleições do ano que vem. Por isso, as negociações começaram a se intensificar. Neste ano, o surgimento do PSD, partido de Kassab, deixou o período ainda mais movimentado. É que, com a fidelidade partidária, uma das brechas para mudanças de partido, sem risco de perda de mandato, é a criação de nova legenda, o que poderá ser argumentado por Flexa caso resolva mesmo mudar de partido.
A movimentação no Pará é grande também porque lideranças que podem concorrer às eleições estão sem legenda. É o caso do ex-governador Almir Gabriel, que tem declarado publicamente o interesse em disputar a prefeitura da capital, mas está sem legenda desde que deixou o PSDB no ano passado. Almir tem feito suspense sobre a legenda a que se filiará.
FLEXA RIBEIRO
Pré-candidato à prefeitura de Belém, Flexa pode se filiar ao PSD, que está sendo criado por Gilberto Kassab.
SÉRGIO PIMENTEL
Se filiou há duas semanas ao PSL, por onde pretende disputar a prefeitura, mas disse não ter desistido do apoio de Duciomar Costa.
Pimentel diz que concorrerá pelo PSL
O ex-secretário de Saúde do Município de Belém, Sérgio Pimentel, que também quer disputar a prefeitura de Belém em 2012, já se decidiu pelo Partido Social Liberal (PSL). A filiação ocorreu há duas semanas e ele inicia agora uma campanha para atrair filiados. Pimentel, que era do PTB, partido do prefeito Duciomar Costa, diz que a mudança não significa que tenha desistido do apoio do atual gestor.
“Seria muito difícil que ele me desse legenda para ser o candidato a prefeito. O PTB tem muitas lideranças. Por isso saí, mas espero ter o apoio dele”, disse Pimentel. Duciomar Costa já andou flertando também com Almir Gabriel a quem não descarta dar apoio. A pré-candidatura de Pimentel será referendada pelo PSL em reunião marcada para o próximo dia 17. (Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários