Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Tragédia no Triângulo

Tragédia no Bairro do Triângulo deixa 1 morto e 5 feridos

Imagem do Sangue dos feridos no local

Ontem à noite o bairro do Triângulo ficou de luto por conta de um acidente que sinceramente não gostaria de ter presenciado. O motorista de um caminhão tentava entrar na Estância Triangulo que fica próximo a escola Pergentino Moura quando o motor do veículo parou de funcionar deixando metade do automóvel no meio da rua, sem conseguir fazer o caminhão pegar, o motorista enrolou uma corda no eixo que faz o motor funcionar, levantou a traseira do veículo e pediu ajuda de 6 homens que estavam próximo do local, foi então que a desgraça aconteceu, os homens muito fortes conseguiram fazer o eixo rodar, só que no momento em que eles puxaram a corda, o eixo girou e o motor funcionou, o problema é que girou para o lado contrario fazendo com que os dois primeiros que tinham enrolado a corda nas mãos fossem puxados batendo com a cabeça diretamente nas partes do caminhão, o jovem Lauriney que tinha uma leve deficiência fora arremeçado com o crânio no eixo vindo a óbito no local, Lauriney agonizou por quase 4 minutos até a chegada do Corpo de Bombeiros que eu pessoalmente guiei de moto até o local, a parte mais comovente da tragédia foi a chegada de seu pai Luiz Cotó que é morador das antigas do bairro, ele ficou desesperado e gritava o nome do filho com muita dor e chorando bastante, o outro mais atingido foi o marceneiro Dudu que comercializa móveis no bairro, Dudu encontra-se em estado gravíssimo no Hospital Metropolitano de Belém os outros quatro homens sofreram escoriações leves e passam bem. O clima no bairro é de muita tristeza, pois todos conheciam Lauriney que apesar da leve deficiência era muito prestativo e trabalhava na Casa de Shows Casarão da Saudade, deixo minha solidariedade à família de Lauriney e pedindo a Deus que Dudu possa se restabelecer e voltar para o seio de sua família.
 
fonte: Blog do Diego Sousa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários